Grupo de Investigación BRASILHIS.
Historia de Brasil y el Mundo Hispánico en perspectiva comparada
 
Salvador

Otras bases de datos de interés

A continuación se ofrece una lista de bases de datos útiles para el desarrollo de investigaciones relacionadas con el proyecto:

PARES (Portal de Archivos Españoles): ofrece un acceso libre y gratuito, no solo al investigador, sino también a cualquier ciudadano interesado en acceder a los documentos con imágenes digitalizadas de los Archivos Españoles. Ofrece un acceso libre y gratuito, no solo al investigador, sino también a cualquier ciudadano interesado en acceder a los documentos con imágenes digitalizadas de los Archivos Españoles.

Enlace web: http://pares.mcu.es/

BNE (Biblioteca Nacional de España): organismo autónomo​ encargado del depósito del patrimonio bibliográfico y documental de España. Dedicada a reunir, catalogar y conservar fondos bibliográficos, custodia alrededor de treinta millones de publicaciones producidas en territorio nacional desde comienzos del siglo XVIII: libros, revistas, mapas, grabados, dibujos, partituras y folletos.

Enlace web: http://www.bne.es/es/Inicio/index.html

BDH (Biblioteca Digital Hispánica): es el portal de la BNE a través del cual se pueden consultar de forma libre y gratuita las obras digitalizadas por la Biblioteca. Los materiales disponibles incluyen libros impresos entre los siglos XV y XIX, manuscritos, dibujos, grabados, folletos, carteles, fotografías, mapas, atlas y grabaciones sonoras. Además, con la colaboración del Departamento de Música y Audiovisuales, se ha llevado a cabo una digitalización masiva de partituras.

Enlace web: http://www.bne.es/es/Catalogos/BibliotecaDigitalHispanica/Inicio/index.html

Projeto Resgate: O projeto foi criado institucionalmente em 1995, por meio de protocolo assinado entre as autoridades portuguesas e brasileiras, no âmbito da Comissão Bilateral Luso-Brasileira de Salvaguarda e Divulgação do Patrimônio Documental (COLUSO). O objetivo principal foi resgatar no Arquivo Histórico Ultramarino de Lisboa cerca de 300 mil documentos referentes ao período colonial brasileiro. Perto de três milhões de páginas manuscritas, relativas a 18 capitanias da América portuguesa, foram descritas, classificadas, microfilmadas e digitalizadas, num trabalho conjunto entre pesquisadores portugueses e brasileiros. Os documentos datam dos séculos XVII e XVIII e tratam da vida pública e privada dos habitantes dessas capitanias, que atualmente correspondem a 22 estados dos estados brasileiros. A Fundação Biblioteca Nacional ficou responsável por preservar os microfilmes e por duplicá-los para serem disseminados. Com o objetivo facilitar e expandir o acesso às fontes para a história luso-brasileira e para aprofundar estudos acerca deste nosso passado comum. As bibliotecas nacionais de Portugal e do Brasil, em parceria o Arquivo Histórico Ultramarino de Lisboa, oferecem livre acesso a todo esse rico acervo.

Enlace web: http://acervo.redememoria.bn.br/redeMemoria/handle/123456789/5646http://resgate.bn.br/docreader/docmulti.aspx?bib=resgate

BN (Biblioteca Nacional do Brasil): órgão responsável pela execução da política governamental de captação, guarda, preservação e difusão da produção intelectual do País. Com mais de 200 anos de história, é a mais antiga instituição cultural brasileira. Possui um acervo de aproximadamente 9 milhões de itens e, por isso, foi considerada pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) como uma das principais bibliotecas nacionais do mundo. Para garantir a manutenção desse imenso conjunto de obras, a BN possui laboratórios de restauração e conservação de papel, oficina de encadernação, centro de microfilmagem, fotografia e digitalização.

Enlace web: https://www.bn.gov.br/

Anais da Biblioteca Nacional: Publicação mais antiga da Biblioteca Nacional (circula desde 1876), seu objetivo é apresentar o acervo da instituição – por meio, principalmente, de inventários, transcrições de documentos, estudos e pesquisas – e os conteúdos de atividades técnicas e culturais desenvolvidas anualmente, como seminários e ciclos de palestras.

El volumen 75. “Inventário dos documentos relativos ao Brasil, existentes na Biblioteca Nacional de Lisboa” (1955) recoge una relación de fuentes relativas a Brasil, entre ellas para el período 1580-1680. Sin embargo, esas fuentes no corresponden con los fondos de la Biblioteca Nacional de Lisboa; actualmente están en el Arquivo Nacional da Torre do Tombo.

Enlace web: http://objdigital.bn.br/acervo_digital/anais/anais.htm

Arquivo Nacional do Brasil: criado em 1838, é o órgão central do Sistema de Gestão de Documentos de Arquivos-SIGA, da administração pública federal, integrante da estrutura do Ministério da Justiça. Tem por finalidade implementar e acompanhar a política nacional de arquivos, definida pelo Conselho Nacional de Arquivos – Conarq, por meio da gestão, do recolhimento, do tratamento técnico, da preservação e da divulgação do patrimônio documental do País, garantindo pleno acesso à informação, visando apoiar as decisões governamentais de caráter político-administrativo, o cidadão na defesa de seus direitos e de incentivar a produção de conhecimento científico e cultural.

Enlace web: http://www.arquivonacional.gov.br/br/

ANTT (Arquivo Nacional da Torre do Tombo): é um arquivo central do Estado que guarda documentos originais desde o séc. IX até à actualidade, cabendo-lhe, por consequência da sua perenidade, preservar também os novos arquivos electrónicos no âmbito de actuação do organismo, a par do mandato explícito para dar execução à lei que estabelece as bases da política e do regime de protecção e valorização do património cultural, na sua vertente de património arquivístico e património fotográfico.

Enlace web: http://antt.dglab.gov.pt/ ; http://digitarq.arquivos.pt/

Plataforma SILB: é uma base de dados contendo informações das sesmarias concedidas pela Coroa portuguesa no mundo atlântico. A Plataforma SILB tem como objetivo facilitar o acesso às informações de quase 16 mil cartas de sesmarias concedidas na América portuguesa, tanto por governadores como capitães mores. Pretende-se a curto prazo incluir as sesmarias distribuídas na África e nas Ilhas atlânticas. Na petição por uma carta de sesmaria, o requerente devia justificar seu pedido, e quando recebesse a carta de concessão havia uma serie de obrigações entre as quais estava a necessidade do cultivo, da demarcação e da confirmação real, embora a maioria das cartas não tenha sido confirmada pelo rei.

Enlace web: http://www.silb.cchla.ufrn.br/

Voyages: The Trans-Atlantic Slave Trade Database: The Trans-Atlantic Slave Trade Database comprises more than 35,000 individual slaving expeditions between 1514 and 1866. Records of the voyages have been found in archives and libraries throughout the Atlantic world. They provide information about vessels, enslaved peoples, slave traders and owners, and trading routes. A variable (Source) cites the records for each voyage in the database. Other variables enable users to search for information about a particular voyage or group of voyages. The website provides full interactive capability to analyze the data and report results in the form of statistical tables, graphs, maps, a timeline, and an animation.

Enlace web: http://www.slavevoyages.org/