Campus diverso
Blog de recursos interdisciplinares para una universidad no heteronormativa
 

CFP: I Simpósio Internacional Subjetividade e Cultura Digital: O Corpo e Virtualidade, Belo Horizonte, 7-9 março de 2017.

Resultado de imagen de cuerpo y virtualidad

I SIMPÓSIO INTERNACIONAL SUBJETIVIDADE E CULTURA DIGITAL: O CORPO E VIRTUALIDADE

Data: 07, 08 e 09 de Março de 2017

Local: CAD 2 Centro de Atividades Didáticas da UFMG – Belo Horizonte, MG

CRITÉRIOS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS:

  • Para submeter uma proposta de apresentação de trabalho será necessário primeiramente efetuar a inscrição de pelo menos um dos autores proponentes no evento.
  • Cada autor poderá ser proponente principal de apenas um trabalho, havendo um limite de até 3 coautores por trabalho, ou seja, um proponente e três coautores.
  • Os resumos deverão ter no máximo 250 palavras e conter os seguintes itens: objetivos, metodologia, discussão e resultados, destacando de 3 a 5 palavras-chave.
  • Os autores deverão indicar entre os quatro eixos temáticos, conforme indicado abaixo, aquele que melhor acolha o trabalho a ser apresentado.
  • A aceitação da proposta estará condicionada à avaliação do Conselho Científico do Simpósio, que irá considerar também a pertinência da proposta aos temas centrais do Simpósio, ou seja, o corpo e a virtualidade.
  • Os resumos deverão ser enviados até o dia 20 de Janeiro de 2017 para o email subjetividadeculturadigital@gmail.com, em arquivo anexo, no formato WORD.
  • O resultado da avaliação dos trabalhos será informado por email até o dia 15 de fevereiro de 2017.
  • Será emitido 01 (um) certificado por trabalho apresentado, constando os nomes do proponente em destaque e dos demais coautores, quando for o caso.
  • Após o Simpósio, os trabalhos completos poderão ser publicados nos anais do evento. As regras para a publicação serão divulgadas posteriormente.

 

 Eixo 1: Sociabilidade e Cultura Digital.

- Reconfiguração do espaço e da estrutura social pelas tecnologias de comunicação e informação (TIC’s);

- Alteração dos novos modos de comunicação e da vida social imersa no mundo virtual;

- Relação entre práticas sociais/culturais e a sociabilidade por meio das TIC’s;

- Práticas de socialização on-line e as diversas expressões na formação do laço social.

 Eixo 2: Saber e transmissão na cultura digital

- Estatuto do corpo na transmissão e na apreensão do saber na cultura digital;

- Ensino e aprendizagem sob incidência da cibercultura no laço social;

- Relação com o saber e com o conhecimento na sociedade da informação;

- Novidades e impasses na transmissão do saber para os diferentes campos: educação, clínica, comunicação social, dentre outros.

 Eixo 3: Arte e invenções na cultura digital

- Relações entre arte, corpo e tecnologias digitais;

- Invenções no ambiente virtual e seus impactos sobre o corpo;

- Arte, corpo e territorialidade na cultura digital;

- Invenção, singularidade e laço social na virtualidade.

Eixo 4: Tecnologias, política e regulação dos corpos

- Corpo exigido como uma máquina de alta performance na cultura digital;

- Regulação dos corpos por meio do olhar/ser olhado da hiperconexão;

- Hipermedicação dos corpos e singularidade;

- Lugar do outro e política dos corpos na experiência do corpo no espaço virtual.

, , , , , ,

Política de privacidad