Campus diverso
Blog de recursos interdisciplinares para una universidad no heteronormativa
 

Curta o Gênero 2015, 13-18 abril, Fortaleza (Brasil).

Domitila - CoG - Ilustração - 2

O Curta o Gênero chega a sua quarta edição. Com uma programação ainda mais ampla e tão intensa quanto nas edições anteriores, o evento cumpre o objetivo de proporcionar ao público um espaço e um tempo de envolvimento, de construção fruitiva e de difusão nos campos dos estudos e das produções de gênero entre ativistas, acadêmicos e acadêmicas ou, simplesmente, pessoas interessadas nos conteúdos que o evento congrega.
> Ainda estão abertas as inscrições para o Simpósio Temático (até 20/02) e para Mostra Internacional Audiovisual (até 25/02). Confira mais informações no site: www.fabricadeimagens.org.br/curtaogenero
> As inscrições para o Curta o Gênero, como ouvinte, serão feitas no primeiro dia de evento, mediante a doação de 1kg de alimento à Central de Segurança Alimentar do Fórum do Movimento Social de Luta contra a Aids do Ceará.

O evento ocorrerá dos dias 13 a 18 de abril, na Casa Amarela Eusélio Oliveira. A proposta, deste ano, é conectar as produções nos campos das artes e da academia. Seja através do Seminário Gênero, Cultura e Mudança, da Mostra Internacional Audiovisual Curta o Gênero ou de outras ações integrantes do Curta o Gênero, os participantes têm acesso a uma atmosfera, um ar que enche nossos pulmões de leveza e nossos corações e mentes de anseios e projetos de liberdade, de equidade e de afirmação do outro.

Tema de 2015

A proposta de conectar o que tem sido produzido nos campos das artes e da academia demonstrou eficácia nos eventos anteriores, conseguindo atingir um público diversificado. Seja através do Seminário Gênero, Cultura e Mudança, da Mostra Internacional Audiovisual Curta o Gênero ou de outras ações integrantes do Curta o Gênero, os participantes têm acesso a uma atmosfera, um ar que enche nossos pulmões de leveza e nossos corações e mentes de anseios e projetos de liberdade, de equidade e de afirmação do outro.

Para todas e todos nós, que fazemos o Curta o Gênero, é a integração paradoxal de um aguilhão que nos desloca da comodidade e de uma brisa benfazeja que nos reanima e nos reorienta na caminhada.

A cada ano, o Seminário Gênero, Cultura e Mudança dá o tom dos caminhos que o Curta o Gênero percorrerá, sempre trazendo para o debate um tema relevante no contexto dos estudos de gênero.

Em 2015, nos debruçaremos mais uma vez sobre o feminismo como conceito e campo polissêmico e polissemântico extremamente fértil teórica e politicamente. O objetivo do Seminário 2015 não é, pois, eleger uma perspectiva feminista como panaceia, é antes ratificar a posição de que são esses múltiplos significados e interpretações que conferem ao pensamento feminista toda sua abrangência, todo seu potencial para a instigação, reflexão e construção de outras lógicas, outras performances, outros pensamentos políticos e outras relações entre pessoas, povos e nações.

A escolha do tema é consequência de sementes plantadas ainda no Curta o Gênero 2014. Na ocasião, mesmo voltados para o tema da liberdade e suas interconexões com as questões de gênero, sexualidade, democracia, fundamentalismos e violações de direitos, percebemos que os olhares, avaliações e proposições feministas nestes campos se constituíram como um ponto forte e denso. Daí a decisão de aprofundarmos o assunto no nosso próximo encontro.

Más información.

, , , , , , ,

Política de privacidad